segunda-feira, 20 de maio de 2019

"Voa" - Quinta do Bill

Vamos entrar na recta final do ano letivo cheios de ritmo com os Quinta do Bill!

Vamos ouvir esta canção e ver este antigo teledisco para nos prepararmos para o último teste! Aproveitamos já para te dizer que vai ser um teste de compreensão e que tens de estudar os VERBOS do PRESENTE DO INDICATIVO (Regulares e Irregulares). Vai estudando pouco a pouco! É uma boa estratégia!

Mas antes vamos a "Voa"!

Bom trabalho!

"Voltas" - Fernando Daniel

Não vale a pena andar às voltas, agora é o momento de conhecermos esta canção do Fernando Daniel. Chama-se "Voltas" e vamos conhecer o seu videoclip nas nossas aulas de português. 

Será que o Fernando "anda às voltas" com a vida e com algum desaire amoroso?

Vamos descobrir!

"Trem-Bala" - Ana Vilela e David Carreira

"Trem-Bala"? O que será isso? Será português?

É português, mas do Brasil! Em português europeu não se utiliza, como vais aprender. No entanto, é também o título desta canção da brasileira Ana Vilela, acompanhada pelo português David Carreira.

Ouve com atenção, aproveita para melhorares o teu português e, igualamente, para pensar... 

Talvez esta canção nos ajude a ver como estamos rodeados de rapidez...

Vamos a isso "parceiro"!? Bom trabalho!




"Telemóveis" - Conan Osíris

De certeza que vocês conhecem ou ouviram falar do Conan. Atenção não é o Conan do mundo da banda desenhada ou do cinema! É o Conan Osíris, um original músico português que foi o representante de Portugal na Eurovisão com esta canção "Telemóveis".

Vamos ver a sua atuação e depois vamos conhecer bem a sua letra com a qual, vai na volta, até terás alguma afinidade! 





Dia da Língua Portuguesa



Durante a semana dedicada ao dia da Língua Portuguesa que se celebrou no passado dia 5 de maio, alunos e professores do IES Rodríguez Moñino votaram na sua palavra favorita e este foi o resultado:







quarta-feira, 15 de maio de 2019

Visita à Escola Secundária de São Lourenço de Portalegre 2019- IES Rodríguez Moñino

Os alunos de terceiro de ESO tiveram a oportunidade de conhecer a cidade de Portalegre e partilharam  um dia fantástico com estudantes da Escola Secundária  S. Lourenço. A experiência foi inesquecível e todos ficámos com vontade de voltar. A escola portuguesa é espetacular e a hospitalidade dos nossos novos amigos foi altamente!
Parabéns a todos os participantes, especialmente, aos que deram o litro na aula de zumba.




quarta-feira, 8 de maio de 2019

O Centenário de Sophia de Mello Breyner

No ano da celebração do centenário do nascimento da escritora Sophia de Mello Breyner, os alunos de 2º da ESO C e D estiveram a ler  e a analisar em sala de aula o conto "A Árvore". 
Após a leitura e interpretação desta história, os alunos fizeram alguns desenhos e inventaram histórias com base nesta "Árvore". A exposição pode ser visitada na Biblioteca da nossa escola.


terça-feira, 9 de abril de 2019

Vamos ler uma história

Na passada sexta-feira, dia 29 de março, a turma de 1º da ESO C, acompanhada pelas professoras Inma Carretero e Catarina Lages,  foi à escola CEIP Enrique Segura Covarsí para ler uma bonita história a duas turmas desse centro: ao 3º ano de Infantil e ao 2º ano de Primária. 

Esta iniciativa foi preparada durante as últimas aulas de português. Primeiro estivemos a  ler o conto "A Maior Flor do Mundo" do escritor José Saramago e vimos o vídeo baseado nesta história. Após a divisão da turma em dois grupos, cada aluno preparou a leitura de uma parte do conto, (alguns chegaram mesmo a memorizar) e ensaiaram em voz alta. Além disso fizeram umas flores de papel muito bonitas para depois distribuírem pelos mais pequenos.

Na sexta-feira dirigimo-nos à Biblioteca da escola. Nesse lugar tão inspirador, houve duas sessões de leitura: uma para cada turma deste centro escolar. Antes da leitura, as professoras fizeram uma breve introdução e  seguidamente os alunos assistiram à leitura do conto  do menino e da flor acompanhado pela projeção do vídeo. No final, a professora Inma conversou com os alunos sobre o que tinham acabado de ouvir. 

Para finalizar, os nossos alunos distribuiram a flor de papel, feita por eles próprios, a cada um dos meninos,  para que nunca se esqueçam de cuidar o mundo que nos rodeia.

A atividade correu muito bem. Foi muito bonita e muito divertida. Os alunos mais pequenos ouviram entusiasmados a história. A turma do 1º da ESO C está de PARABÉNS. Portaram-se muito bem!  







segunda-feira, 1 de abril de 2019

As poesias da turma de 4º A/B

Na passada quarta-feira, celebrámos na nossa aula de português o Dia Mundial da Poesia. 
Ouvimos a canção "Perdidamente" interpretada pela cantora Sara Tavares e pelo grupo Ala dos Namorados. A letra desta canção é um conhecido poema de uma poetisa alentejana Florbela Espanca que viveu no início do século XX.





Os alunos inspiraram-se e criaram estes bonitos poemas:



Ser poeta é poder ver
num mundo de cegos,
é poder sentir o sofrimento do mundo,
é ser rei entre mendigos,
é ser pobre entre ricos,
é poder voar onde alguns sonham estar.
Mas também é ter de sofrer por saber
a realidade da vida,
por ver-te sozinho onde outros se sentem seguros por estarem sozinhos.

Juan Fernandez





Ser poeta é fazer rimas,
é ser um mago
e do nada fazer vida.

Álvaro Mendiola




Ser poeta é ter imaginação,
é ter engenho e sentimentos,
é ser capaz de plasmar no papel
os sentimentos.

Alberto Muriel





Ser poeta é ouvir o canto dos Deuses
e traduzir para que o resto do mundo
possa escutar.

Ser poeta é estar colapsado
pelos sentimentos
e deixá-los fluir no papel.

Ser poeta é tirar a máscara de dor
e partilhá-la com toda a gente
Ser poeta é uma forma diferente de compreender o mundo.

Isabel Mata
  



 
Ser poeta é ser normal
porque os poetas fazem-se.
Um poeta sabe a frase
que tem sempre de apontar.

Luis Corchero






Ser poeta é viajar a outro mundo
através das palavras.
É amar sem esperar nada em troca,
É criar arte sem ter que pintar um quadro,
é poder voar sem ter asas.

Ana Cidoncha e Rocío Herruzo





O universo é imenso,
tem mais de mil astros.
Se tu estás nervoso,
olha para o céu que é formoso.

No universo há oito planetas
e o nosso é a Terra,
Ela  é muito bela
e podes fazer o que quiseres.

Blanca Barroso e Noelia Sopa





Ser poeta é mostrar o teu coração
depois de uma depressão.
Os poemas com mil lamentos
são os que têm mais sentimentos. 

Helena Neves e Mercedes Chaves




Ser poeta é criatividade,
é ter imaginação.
Ser poeta é saber
que escrever 
é expressar os teus sentimentos
livremente. 
Ser poeta é paixão. 

Sandra Franco




Ser poeta é ter a capacidade
de transmitir a tua vontade,
ficar parado no meio do gentio,
não sentir que o tempo passa,
mas não olhando  para nada.
Só tu e a tua reflexão, 
apaixonar a gente com a tua imaginação. 

Miguel Galán



E por último uma inspiração em espanhol do aluno Luis Corchero: 



Un condor levanta el vuelo
para a solas poder pensar,
es tan frío como la mar
parece no haber consuelo. 

Siempre que sale a volar
parece un monstruo negro
como si fuera el suegro
que subiese en soledad. 

Cierto no es lo que parece
aunque se oculte en el frío
a cada burla se estremece.

Por fuera vemos al fuerte
que sufre mucho por dentro,
eso le causa a la muerte.